Esboçando um artigo

esculpindo a pedra brutaPrazo de entrega é inimigo da inspiração? Não necessariamente. Existem muitas formas, técnicas, manias e estilos diferentes para a produção de artigos, relatórios, textos de ficção ou não-ficção e acredite, até e-mails.

Os três tipos

Sucintamente, existe aquela pessoa que tem um único objetivo: limpar a mesa. Assim que chega a determinação ou ela tem a idéia, arregaça as mangas e só para quando dá o texto por terminado.

Existem os mais calmos, que ficam jogando com as idéias, aliando tempo e técnica, pesquisa e reflexão. Concluem, para então escrever.

E existem os que planejam o texto de trás para frente. A primeira pergunta é: quando é o prazo? Vamos supor que a entrega do texto seja para o dia 02 de julho, 17 horas. Claro que estas pessoas planejam a entrega para o dia 2 de julho, às 16:59. Eles vão ficar todo o tempo pensando, ruminando as informações, na esperança de que algum fato novo, uma informação diferente apareça e que possa ser incorporada ao material que está sendo produzido. Existe aqui, claro, uma certa dose de procrastinação: só fazer quando não puder mais empurrar com a barriga.

Os do primeiro grupo dizem que não agüentariam jamais ter um trabalho e não fazê-lo. Os do segundo grupo não concebem trabalhar sem liberdade. Os do terceiro grupo não querem abrir mão da reflexão que o tempo proporciona, ou o tempo que permite uma pesquisa mais aprofundada. No final das contas, os três grupos entregam o material, mas são sujeitos a tipos diferentes de pressão.

Ter em mente em qual das categorias você se enquadra é muito interessante. Você pode acabar identificando uma fonte de estresse que pode ser eliminada com um pequeno ajuste de comportamento. Filosoficamente dizem que o caminho do meio, ou seja, o da moderação é o melhor, mas sei que ele não funciona para todo mundo. Ache o seu. E aprenda a ser feliz com ele.

A propósito, não pergunte a qual grupo eu pertenço. Não vou responder. Tenho vergonha.

Inspiração ou técnica

Além dos prazos, das manias e das técnicas, existe outra variável nesta equação: a inspiração. Se você escreve regularmente sabe que às vezes ela está ocupada em outro lugar e esquece da gente. Quando isto acontecer, saiba como resolver o problema e ainda entregar o texto no prazo.

Primeiro, claro, não deixe o desespero chegar perto. Não abra a porta. Não deixe este capeta nem entrar no portão. Antes, use uma das seguintes técnicas para estruturar seu texto ou para produzir, por exemplo, um artigo:

  • A mais utilizada no jornalismo é a da pirâmide invertida onde já no primeiro parágrafo devem-se prover respostas para as seis perguntas chave: Quem? O quê? Como? Quando? Onde? Por quê? O problema é que com toda fórmula vem a repetição e a falta de inovação.
  • Qual a alternativa? Uma técnica que se revela muito eficiente é a elaboração de um esboço estruturado. A formatação não importa basta seguir o exemplo a seguir e adaptá-lo de acordo com a sua necessidade.

Esboço estruturado

Veja o esboço que criei para escrever este artigo, por exemplo. As primeiras idéias que surgiram foram:

Solução: Esboçar artigos
Exemplos
Problema: Cumprir prazos
Vantagens

Ordenei e hierarquizei as idéias além de preencher o conteúdo com exemplos.

  1. Problema: Cumprir prazos
    1. Tipos de escritores
    2. Escritores e prazos
  2. Solução: Esboçar artigos
  3. Exemplo de esboço
    1. Primeiras idéias
    2. Ordenação de conteúdo
    3. Preenchimento das lacunas
    4. Detalhamento
  4. Vantagens
  5. Conclusão

Os exemplos me ajudaram a lembrar de mais assuntos que seriam interessantes. Com isso pude encaixá-los onde seria lógico dentro da sequência do texto.

  1. Problema: Cumprir prazos
    1. Tipos de escritores
    2. Escritores e prazos
  2. Inspiração e Técnica
    1. Piramide invertida
    2. Esboço estruturado
  3. Solução: Esboçar artigos
    1. Apresentação
    2. Formatação
  4. Exemplo de esboço
    1. Primeiras idéias
    2. Ordenação de conteúdo
    3. Preenchimento das lacunas
    4. Detalhamento
  5. Vantagens
    1. Visão estratégica do texto
    2. Referência para memória
    3. Organizar o fluxo do texto
  6. Conclusão
    1. Aplicação da técnica
    2. Adaptação ao estilo individual

Finalmente, detalhei cada tópico antes de começar a produção propriamente dita. Observe como o artigo final ficou muito próximo do esboço estruturado inclusive os termos utilizados.

  1. Problema: Cumprir prazos
    1. Tipos de escritores
    2. Escritores e prazos
  2. Inspiração e Técnica
    1. Piramide invertida
    2. Esboço estruturado
  3. Solução: Esboçar artigos
    1. Apresentação
    2. Formatação
  4. Exemplo de esboço
    1. Primeiras idéias
    2. Ordenação de conteúdo
    3. Preenchimento das lacunas
    4. Detalhamento
  5. Vantagens
    1. Visão estratégica do texto
    2. Condução do leitor
    3. Referência para memória do texto
    4. Agrupamento de conteúdo
    5. Organizar o fluxo do texto
    6. Reduz revisões
    7. Acelera a produção
  6. Conclusão
    1. Aplicação da técnica
      1. Textos curtos: contos, artigos
      2. Textos longos: novelas, romances
    2. Adaptação ao estilo individual
    3. Convite para o leitor

As vantagens desta técnica são várias:

  • Oferece uma visão tática do conteúdo e seu propósito.
  • Permite que você conduza o leitor através das idéias de forma organizada e fluída.
  • Ajuda a lembrar de todos os pontos que precisam ser tratados.
  • Organiza as idéias e agrupa conteúdos.
  • Auxilia a estruturar o texto de forma natural com introdução, conteúdo e conclusão.
  • Reduz o número de vezes que um texto precisa ser reescrito.
  • Acelera o processo de escrever, pois basta preencher e detalhar o esboço.

Esta mesma técnica também pode ser aplicada na criação de um romance. Ao planejar a história você vai dominar o enredo e conduzir de forma mais eficaz as emoções do leitor. Você conhecerá muito mais profundamente as personagens e a história além de conseguir responder qualquer pergunta que surja no processo.

Comece com um texto mais curto, como um conto, para sentir se a técnica serve para você. Tente adaptá-la ao seu estilo. O importante é sentir-se confortável. Conte-nos o que achou e divida sua experiência: A técnica foi útil? Quais adaptações você teve de fazer para torná-la sua?

1 comment for “Esboçando um artigo

  1. Angelo Alvarenga
    1 de setembro de 2010 at 10:04

    Achei o artigo muito interessante, não sou do ramo da escrita, mas adoro a leitura. Sou bancário e os textos que escrevo profissionalmente não exigem um grau elevado de criatividade. Tenho vontade de começar a escrever, aqui no Parágrafo tenho encontrado muito material que me tem sido útil. Não só no aspecto técnico, mas também pelo lado da inspiração, admiro o estilo de vida do Fábio e tenho uma inveja positiva. Sou um verdadeiro fã das pessoas que criam um caminho pra si que foge do que é considerado comum. Considero a vida das pessoas que encontram uma profissão que as vezes é até difícil de se descrever e vivem bem e se realizam com ela é empolgante. Todos utilizamos a criatividade e a imaginação, mas trabalhar em contato direto com elas deve ser gratificante.

Comments are closed.