Crônicas POP

MadonaVocê sabe tudo sobre ícones porque olha para eles todos os dias em seu computador. São aquelas pequenas ilustrações onde você clica para abrir seus programas.

Ícones literários não são muito diferentes disto. Você convive com eles todos os dias no shopping, no cinema, no rádio e na prateleira da sua cozinha. E, como os ícones da tela do seu computador, eles desencadeiam memórias poderosas – em você e nos seus leitores.

Elvis PresleyDois tipos de ícones inflamam memórias assim: um, inspirado em um produto, como a boneca Barbie; outro, baseado na fama, como no caso de Elvis ou Madonna. São “ferramentas” particularmente eficientes, pois o público se identifica com eles e imediatamente faz uma conexão com, por exemplo, o “Falcon” da infância ou com a Madonna na MTV.

Existem outras razões para se inspirar em um ícone. Você poderá:
– Conceber dezenas de idéias para novas crônicas, simplesmente imaginando o ícone em situações diferentes da vida pública ou privada;
– Descobrir verdades sociais que de outra forma teriam passado despercebidos;
– Deixar de se concentrar na sua própria vida por algum tempo e se concentrar na sociedade, documentando ou desafiando as crenças estabelecidas dos nossos dias.

Bardos e Barbie

BarbieA boneca Barbie já foi inspiração de diversos tipos de autores: poetas, cronistas e psicólogos. “Em primeiro lugar, por ser de plástico, ela evoca a artificialidade da moda e da concepção na atualidade do Belo, pois faz associação com a era da cirurgia plástica e exageros estéticos. Seu rosto sem expressão traz à memória frieza e distanciamento emocional, lembranças que muitos não fazem questão de ter de seus passados. Além do que é praticamente indestrutível e provavelmente será uma das poucas coisas que sobrarão, junto com as baratas, no caso de um holocausto nuclear”, diz Denise Duhamel, autora do livro de poesias Kinky.

Ícones sociais

Para encontrar o ícone ideal você não terá que procurar muito. Eles saturam a cultura.
Ao invés de escolher um ícone que atraia o público você pode experimentar algo ou alguém que seja culturalmente excêntrico e que até mesmo inspire raiva.

Coca-colaVocê pode procurar em produtos, como a Coca-cola ou o Nescau, fatores que se impuseram sobre sua geração e que de alguma forma fizeram com que o mundo à sua volta seja como é hoje. Alguns enfoques interessantes são a ironia, o sarcasmo e a sátira.

Algumas perguntas que você pode se fazer são:
– Qual produto ou pessoa são amplamente conhecidos, mas normalmente não se ouve comentários deles?
– Qual produto ou pessoa desperta curiosidade ou raiva em você? Por que?
– Qual deste ícones representa melhor a sua verdade para que se possa fazer um comentário social através de uma voz irreverente?

NescauUma vez que você tenha identificado o seu ícone, imagine o cenário popular em que você o colocará: Tom Cavalcante fazendo seções de terapia, Nescau em um comercial informativo como os das facas Guinsu ou Penaly fountain pen, o Ratinho no programa do Jô ou um destes tantos grupos de Axé em um programa de culinária do Shoptime. Os cenários só são limitados pela sua imaginação, que irá reagir tão rápido quanto o clique do mouse no ícone da tela do seu computador.